terça-feira, 12 de abril de 2011

Paulo Setúbal fala de caricaturas ao vivo


Estas caricas todas aí foram feitas pelo J.Bosco. Olhá-las me fez recordar que num dia qualquer dos anos 80 Cárcamo me convidou para expormos desenhos e caricaturarmos ao vivo o público num novo e elegante Shopping Center que surgira em Salvador. Caricaturas pra jornais eu já fazia há uns milênios à sós em recônditos cantinhos de redação. Ao vivo, cercado por um mundo de curiosos, jamais fizera. Mas um convite de Cárcamo não se recusa. Topei e o resultado foi tão bom que nunca mais parei de fazer. Depois disso já trabalhei sozinho em eventos e também com outros caricaturistas, em jornadas que vão de quatro a até 7 horas. É um trabalho em que o profissional tem que ter olhar aguçado para bem observar os traços dos modelos e procurar ser o mais fiel possível ao retratar cada um. Tudo tem que ser feito de forma rápida, de maneira a não cansar quem está posando e procurando a atender a demanda que é sempre grande. E esta rapidez não pode resultar em um trabalho mal feito, desleixado, executado de qualquer forma. Seu talento está ligado ao resultado final onde você tem que mostrar um trabalho bem acabado, um traço elegante e limpo num desenho que as pessoas queiram guardar, emoldurar, exibir orgulhosas aos amigos. Eu já conhecia e admirava o trabalho de cartuns e caricaturas feitas para a mídia impressa pelo paraense J. Bosco, mas dando uma xeretada básica em seu site descobri lá essas belíssimas caricaturas feitas por ele ao vivo, ali na base do tête-a-tête, em eventos. Caricas que evidenciam um traço elegante, refinado e exata precisão ao retratar os rostos dos modelos, como se pode ver pelas fotos, todos sorrindo, felizes. E tem que sorrir mesmo, já que são uns felizardos pois a um só tempo conseguiram um original do J.Bosco e de quebra puderam assistir ao vivo um grande mestre em ação.
http://paulosetubalcaricaturas.blogspot.com/

16 comentários:

Rosali A. Colares disse...

quem sabe sabe!

J.BOSCO disse...

Isso mesmo Rosali,o nosso amigo baiano Paulo Setúbal é um gênio nas caricas ao vivo.
abraços

Bruno Comotti disse...

De mais esse tipo de trabalho mesmo!
Vou fazer um evento sábado pela 1ª vez, espero que dê tudo certo!
Alguma dica?
Valeu!

J.BOSCO disse...

Sucesso no evento meu brother Bruno Comotti.
abraços

Andrey disse...

isso e que mestre na caricatura

Andrey disse...

de mais j bosco voce e o cara no desenhos abraço do cartunista andrey

Andrey disse...

que mestre no desenhos

Aline Silva disse...

Boa tarde!

To passando para acompanhar os novos trabalhos e encher os meus olhos de alegria.

Espero que esteja tudo bem contigo, to sempre por aqui acompanhando os projetos.

Bjs

Aline

Paulo Setúbal disse...

Bosco, meu fio, bom trazer à baila este outro perfil de seu trabalho de caricaturista, que é maravilhoso. Uma coisa é fazer nas redações, ali isolado, longe dos olhares do público. Outra é fazer ali na hora, rapidinho, com a qualidade que você faz e que dá gosto de ver. Parabéns, bró! Saudações cartunísticas e caricaturais!

Aline Silva disse...

Boa tarde!

CONVITE - Exposição Internacional de Retratos e Caricaturas.

Se quiser saber mais, entra lá no meu blog www.roaliproducoes.blogspot.com.br
para saber mais.

Quero ver você participando.

Bjs

J.BOSCO disse...

Grande Bruno Comotti, valeu pela nobre visita.
acompanho seu trabalho, parabéns!!
abs

J.BOSCO disse...

valeu Andrey!!
abs

J.BOSCO disse...

Mestre Paulo Setúbal, achei brilhante sua visão sobre a caricatura ao vivo, você dissecou com maestria essa tarefa difícil e mirabolante de caricaturar as pessoas ao vivo e deixá-las elegantes, mesmo com a rapidez...rsss
confesso que cada evento fico com um frio na barriga, apesar da experiência e dos estudos que faço diariamente.Afinal a última caricatura tem que ter o mesmo acabamento que a primeira.
brigadão pelo carinho amigo, você é um mestre nessa arte!!
abraços

J.BOSCO disse...

oi Aline Silva, vou lá conferir e participar desse evento.
valeu!
brigadão.
abs

Paulo Setúbal disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Setúbal disse...

Bosco, amigão, já vi entrevistas com consagrados craques do dito esporte bretão, verdadeiras feras, afirmando que sentem o tal frio na barriga em decisões mesmo após tanto tempo de carreira. Eu, qual você, também sinto algo assim a cada evento. Deve ser a adrenalina que os teens tanto falam. Não somos britânicos, somos latinos e portanto sujeitos a um vendaval de emoções vida a fora. Mas escrevo de novo para reafirmar que ver seu trabalho de caricaturas ao vivo foi para mim uma maravilhosa e gratificante supresa. Congratulations, nobre mameluco, Abração procê.